terça-feira, 2 de agosto de 2011


Há uma justificação inerente a cada sacrifício que fazemos. Uma crença, a meu ver lógica, de que certamente a nossa acção produzirá um resultado satisfatório e tudo ficará melhor.
Embora inicialmente doa ou haja a possibilidade de perdermos algo pelo caminho, partimos sempre com a esperança que cada gesto ou palavra nos traga a diferença e aquilo que precisamos.
Pela primeira vez desde que te conheço e fazes parte da minha vida tive um medo infinito de que o teu amor por mim estivesse a desvanecer. Agora sei que, tal como todos os outros, este foi um medo precipitado. Contudo, as lágrimas já eram constantes em cada minuto da minha vida e todo o meu ser, toda a minha capacidade de pensar ou raciocinar estava a ficar afectada. Necessitava a todo o custo de te ver, de te ter em mim e dizer-te tudo. Em parte, a conversa que tivemos significou sacrificar parte de mim...doeu inicialmente proferir cada palavra pelo medo que tinha de que realmente o que significo para ti se tivesse alterado e diminuído mas sabia que o meu coração não iria ficar descansado enquanto não dissesse tudo. Nas últimas horas não pensava em mais nada senão no que queria dizer-te: primeiro o que significas para mim, depois dizer-te que sentia a tua falta e por fim pedir-te para seres sincero mas para não me abandonares. Na hora certa, nada saiu como planeei, apenas as lágrimas que derramava no meu quarto todas as noites eram semelhantes, mesmo com as tentativas falhadas de as controlar em frente a ti. Na maior parte das vezes encaro o papel de pessoa forte e inabalável e ignoro cada medo e cada insegurança para que não percebas a luta interior que travo e para menosprezar cada disparate que por vezes me ocorre mas naquele dia o meu coração ressentiu-se e a necessidade desesperada de saber o que se passava falou mais alto... 
No final soube o quanto valeu a pena interromper o momento de lazer para te abrir o coração com toda a sinceridade e percebi que no fundo tinha sido injusta em cada pensamento que tive...o teu amor permanece forte e intacto!
O resultado não poderia ter sido mais benéfico para ambos e principalmente para a minha alma...a alegria de viver cada momento instalou-se novamente em mim e a certeza de que pertencemos um ao outro prevalece verdadeira e real para a eternidade das nossas vidas. 
O meu coração diz-me que sempre farei parte do teu ser e que não existe nem existirá nunca a possibilidade de nos separarmos e seguirmos caminhos diferentes. 
Não é que tivesse dúvidas de tudo o que vivemos, apenas tive um momento de fraqueza mas graças a ti tudo está de novo no seu devido lugar, obrigada pelo teu amor incondicional! És o meu mundo  

3 comentários:

  1. oh riqueza fico muito contente que tudo se mantenha do mesmo modo *

    ResponderEliminar

deixa um sorriso (: